Arquivo da categoria: Metafísica

Wicca Trans: Dianismo Sem Bucetismo

O que te vem à mente quando se fala sagrado feminino? Essas minas que falam disso não são aquelas feministas chatas que acham que mulher se resume a buceta e que homem trans também tem que aceitar a sacralidade da menstruação e gravidez?

E se falarem de Wicca ou Dianismo? O que te vem à mente? Provavelmente a mesma coisa, só adicionando adolescentes perdidas na internet e idosas transfóbicas com 90 anos de idade.

E eu não vou negar. É verdade que existem círculos de magia e espiritualidade “feministas” onde a transfobia e o bucetismo reinam. E mesmo que esses grupos sejam uma minoria, eles causaram muito barulho durante muitos anos no meio político e espiritual. Diante desse histórico, muita gente olha pra mim, uma moça trans/pessoa não binária que faz parte de um grupo Wicca Diânica bastante influente e antigo e pergunta, “Como????”

Se você não me conhece, oi! Meu nome é Felicia, eu sou trans, sou uma bruxa Wiccana, e sou dedicada da Tradição Diânica Nemorensis.

Continuar lendo Wicca Trans: Dianismo Sem Bucetismo

O Perfeito Equilíbrio do 20 de Março

Quando eu tava pesquisando quais jogos utilizar pra celebração do Equinócio de Março desse ano eu acabei esbarrando na maior coincidência possível pro meu trabalho mágico aqui no Blog.

No dia 20 de Março à 00:49 o Sol estará perfeitamente alinhado com a linha do Equador, criando o que nós chamamos de equinócio! Aquele momento do ano em que o dia e a noite têm o mesmo tempo de duração.

Continuar lendo O Perfeito Equilíbrio do 20 de Março

Responsabilidade Mútua em Lughnasadh e RimWorld

Quando Aragorn, o legítimo rei de Gondor, reconquistou seu trono, houve paz e prosperidade. Simba trouxe de volta a abundância e a justiça para o reino da savana. Hamlet, Arthur, Caspian, Zelda, T’chaka, Vanellope. Todo rei e rainha que se prese precisa lutar pelo bem estar do seu reino, e garantir que ele prosperará em suas mãos responsáveis e não cairá nas garras do vício, da ganância e da… “maldade”.

Por mais problemáticas que sejam histórias do “verdadeiro rei aparecer e tudo ficar bem” sejam, há um elemento mitológico que torna as lições desse tipo de história em um tipo de verdade interna que podemos levar para nossas vidas.

Essas verdades internas podem ser chamadas de arquetípicas, e o que o arquétipo do rei que retorna ao seu reino depois de enfrentar grande perigo nos ensina que para termos prosperidade nas nossas vidas é necessário responsabilidade e sacrifício.

Continuar lendo Responsabilidade Mútua em Lughnasadh e RimWorld

Mario e Sonic Praticando Esportes no Solstício de Verão de 2019

Puta que pariu, que calor. Puta que pariu que estresse. Eu amava natal até pouco tempo atrás, mas quando você resolve trabalhar em varejo vira literalmente a pior época do ano. É um corre corre infernal pra comprar presentes! Crianças são levadas pro shopping pra ter um curso intensivo de consumismo e isso me enoja.

No meio do estresse desse trabalho temporário eu acabei esquecendo que dia 21 foi um dos Sabbaths Menores, o Solstício de Verão. O que é irônico porque consumismo, querendo ou não, acaba tendo tudo a ver com esse solstício, mesmo que de forma deturpada e corrompida.

Continuar lendo Mario e Sonic Praticando Esportes no Solstício de Verão de 2019

Sendo Gostosa Que Nem A Bayonetta no Beltane de 2019

Por incrível que pareça, o dia das bruxas não é oficialmente celebrado por nenhuma religião neo pagã que siga a roda do ano do hemisfério Sul. Afinal, aqui estamos no meio da primavera e a energia natural é bem diferente no hemisfério Norte onde o outono começa a dar espaço pro inverno.

O dia 1 de novembro para pagãs do nosso hemisfério é o dia de Beltane. O festival do sexo, da fertilidade e do casamento. Onde humanos, bem como vários outros animais na primavera, cortejam uns aos outros para trocar carícias, fluídos, e as vezes, genes. Tentando imitar a Deusa e o Deus que hoje se casam.

Continuar lendo Sendo Gostosa Que Nem A Bayonetta no Beltane de 2019